segunda-feira, 6 de junho de 2016

A importância de um Site bem feito para Bibliotecas

Não sei se já aconteceu com você, mas alguma vez você já acessou um site pelo smartphone e teve uma experiência ruim? Já aconteceu dos botões do menu do site ficarem todos desformatados? As letras do site bem pequenas, e por isso você teve que recorrer ao zoom? Pois bem, quando isso acontece é porque o site NÃO é responsivo. Vamos entender melhor?

Para começar, o que é um Site Responsivo?

Site responsivo é aquele que se adapta a qualquer tamanho de tela, seja um smartphone, tablet, PC  e etc, não importa o tipo de dispositivo.
 Então, quando você acessa um site responsivo pelo smartphone, por exemplo, todos os elementos reorganizam-se de acordo com o tamanho da tela.

 O objetivo é que você tenha uma experiência melhor de navegação, e não passe pelos contratempos que citei logo no início deste artigo.

Por que ele é importante para Biblioteca?

1) Proporcionar uma experiência positiva para seu usuário.

 Pesquisas confirmam que 61% dos usuários tendem a deixar um site se ele não oferecer uma experiência móvel boa, dados do  Gooogle’s Think Insights
 Quando o usuário tem experiência ruim com o site, provavelmente ele não voltará a usá-lo tão cedo.

Qual a consequência disso para biblioteca?
 Baixo índice de visitas no site, usuários insatisfeitos e trabalho subutilizado.
 Daí a importância do bibliotecário levar a “risca” o que é aprendeu na faculdade:
 As bibliotecas devem oferecer a melhor experiência para o usuário.
 Isso se aplica a qualquer ambiente, seja ele presencial ou digital.

2) Crescimento do Uso de Smartphone para Acessar Internet

 De acordo com pesquisa divulgada pelo G1 Smartphone passa PC e vira aparelho nº 1 para acessar internet no Brasil.
 Os dados indicam que 29,6 milhões das 36,8 milhões de casas conectadas dispõem de um telefone móvel para se conectar, o que representa 80,4% do total.
 Além disso, o google, em última atualização do seu algoritmo, passou a dar prioridade aos sites responsivos na posição de resultados.
 O google entende que sites responsivos proporcionam a melhor experiência para o usuário. A Revista Exame publicou uma matéria bem interessante sobre isso, veja aqui.

Conclusão

 As tecnologias de informação e comunicação (TICs) têm forçado as bibliotecas a repensarem e remodelarem seus serviços de acordo com as tendências tecnológicas e a evolução das necessidades dos usuários.
Pesquisas comprovam que uma dessas tendências é a tecnologia móvel. Prova disso, é que no Brasil o smartphone já é considerado o aparelho número 1 para acessar a internet.
Tem uma frase bem clichê em biblioteconomia que diz:
A biblioteca deve estar onde usuário estiver.
Com tanta gente usando smartphone para acessar a internet, torna-se  imprescindível que os bibliotecários comecem a pensar em ir além e busquem incorporar tecnologias mobile nas suas bibliotecas, como por exemplo, aplicativos, QR Code, serviço de SMS e entre outros.
 Um site responsivo seria um bom começo para introduzir as bibliotecas na “era mobile”.
 Vale destacar, que quando falamos que um design responsivo é um critério que deve ser levado em consideração para um site, isso se estende também aos catálogos online da biblioteca,  bases de dados e etc.
 Então, quando surgir qualquer projeto novo na sua biblioteca que envolva acesso móvel, fique atento e não abra mão de oferecer uma boa experiência para seu usuário.
 Compartilhado de  Extralibris, empresa voltada para qualificação profissional de Bibliotecários e Profissionais da Informação. Conheça:  http://extralibris.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário